Cutie Pie – Episode 1

“Você ao menos me ama?”

Foi uma introdução bem interessante, mas eu estou muito mais curioso para saber como a história de Hia Lian e Kuea vai se desenvolver depois que Lian descobrir que Kuea não é aquela “boneca Annabelle” que ele finge ser para agradá-lo – e isso vai acontecer já no próximo episódio, durante um show do “Kirin”. ACHO QUE AS COISAS VÃO PEGAR FOGO LÁ! “Cutie Pie” estreou chamando a atenção do público, passando de um milhão de visualizações em seu primeiro dia no YouTube, e tem uma premissa interessante pouco usada para doramas BLs: casamento arranjado. O episódio começa com seus protagonistas já noivos: um deles, Kuea, está completamente apaixonado e acredita no casamento, enquanto o outro, Lian, não parece estar tão feliz assim com isso tanto é que, quando confrontado, ele diz a Kuea que ele não o ama.

Wow.

Depois dessa primeira cena impactante, o episódio retorna um dia no tempo, para explicar algumas coisas, e explica o casamento arranjado mais tarde, através de flashbacks… e a trama vai se desenhando aos poucos! De um lado, temos Hia Lian, um homem rico responsável por uma grande empresa, cheio de responsabilidades, e absolutamente estonteante em seu figurino arrumadinho – ele parece ser muito “certinho” e rigoroso. De outro lado, temos Kuea, que leva uma espécie de vida dupla… ele gosta de andar de moto, ele toca bateria, ele se apresenta misteriosamente em um bar todas as quintas-feiras, mas ele se torna “doce e perfeitinho” toda sexta, quando ele tem um encontro marcado com seu noivo, Lian, que não suposta atrasos e coisas fora do lugar… fiquei pensando no quanto é sofrida a vida de Kuea, fingindo ser quem não é para agradar Lian.

Mas ele acha estar bem com isso… até que não precise mais fingir, porque aí eu acho que ele vai perceber o quanto ele era infeliz – ambos começam a série sofrendo, na verdade: Kuea por fingir quem não é para agradar ao Lian, e Lian por estar preso em um noivado do qual não pensa em sair, mesmo que não ame o seu noivo. A situação é tão desconfortável que Kuea é obrigado a ver, sem falar nada, um encontro com seu noivo se transformar em uma reunião de negócios, com uma descarada que está dando em cima de Lian bem na sua frente – adoraria que ele tivesse realmente dito o que estava em sua mente e feito aquela cena que ele sonhou em fazer, mas ele precisa manter a pose de “perfeitinho” para Hia Lian, então não o faz. Inclusive, eu me diverti bastante com o Kuea e essa coisa meio “Lizzie McGuire”, na qual ela diz uma coisa quando queria dizer outra.

As coisas explodem mesmo quando Kuea aparece para seu encontro semanal com Lian, nove minutos atrasado, e Lian acaba o deixando esperando porque surge uma emergência de trabalho e ele precisa lidar com isso… Kuea está entediado, fazendo de tudo para manter a pose, quando, na verdade, queria ouvir uma música, dançar e ser ele mesmo. Kuea precisa enfrentar o que fingia não ver quando diz a Kuea que “pode esperar por ele, porque o ama”, e Lian sai, como ele parece fazer sempre que Kuea fala de amor… então, Kuea o busca, para perguntar por que ele sempre faz isso, e diz que ele nunca disse que o amava, então Lian acaba dizendo a verdade: se ele está perguntando se ele o ama ou não, ele precisa dizer que não. Felizmente, Kuea também reage bem a isso… quer dizer, ele chora e se desespera, mas diz que, se não existe amor, então deveriam cancelar o noivado.

CERTÍSSIMO.

Flashbacks nos mostram, então, um pouquinho de como esse casamento foi arranjado, e eu preciso dizer: é um pouco bizarro. Lian é alguns anos mais velho que Kuea, e o conhece desde que nascera… eles sempre foram muito próximos, o avô de Kuea gostava muito de Lian e de sua família, os ajudou a crescer no mundo empresarial, por exemplo, e como Kuea e Lian sempre foram muito próximos, o avô de Kuea pediu que Lian prometesse que sempre cuidaria dele. Eventualmente, isso se transforma em uma promessa de casamento, porque Kuea parece não querer sair do lado de Lian nunca, e Lian é meio que pressionado, embora eles tentem fingir que não, a aceitar um acordo que supostamente não tem nada a ver com a ajuda que a família de Lian recebeu – ainda assim, é uma pressão muito grande para que ele aceite se casar com Kuea e cuidar dele o resto da vida.

Ele fez uma promessa, e agora quer cumpri-la… por isso, ele não quer cancelar o noivado.

Os motivos são todos errados, é claro – mas parte de mim percebe, também, que Lian se importa com Kuea de verdade, sempre se importou. Não de uma maneira romântica, porque ele não está apaixonado, mas ele se importa, sim, com ele. E eu sei que ele vai se apaixonar quando Kuea deixar de lado esse seu personagem – afinal de contas, naquela cena tensa na qual se fala sobre cancelar o noivado, Lian diz que o seu motivo é que “ele quer se casar com um humano, e não com uma boneca” (o que, é claro, não é um elogio, já que ele o compara à Annabelle). Esse foi o momento em que eu abri um sorriso, porque eu estava triste pelo Kuea tendo que fingir quem não era, e ali eu percebi que o Kuea “mudando” para agradar Lian é justamente o que faz com que Lian não o ame romanticamente… acho que ele vai se encantar quando conhecer o Kuea real.

Por ora, Kuea está arrasado – mas eu me diverti horrores vendo todo o drama dele. Eu entendo que ele esteja com o coração machucado, mas ele vai perceber, eventualmente, que isso tudo foi para o melhor… e ele estava hilário chorando com o melhor amigo e cantando bêbado. E, mesmo sendo um sonho, vou dizer que meu coração deu um pequeno salto quando Lian apareceu para ver Kuea e segurou sua cintura, abraçou-o carinhosamente por trás e tudo o mais… é um sonho por enquanto, mas deve se tornar realidade em breve, e eu mal posso esperar para ver esse casal assim, cheio de chameguinho. Gostei bastante da estreia, gostei da química dos protagonistas, e estou curioso para ver como isso se desenvolve, especialmente levando em consideração que Lian parece já ter entendido que o misterioso músico “Kirin” é, na verdade, o Kuea.

E ele vai averiguar no próximo episódio!

 

Para mais BLs, clique aqui.

 

Comentários