Power Rangers Lightspeed Rescue – Web War / In the Limelight

E nada do romance de Carter e Dana…

Os últimos episódios antes de entrarmos no arco final da temporada. “Lightspeed Rescue” está chegando ao fim apresentando mais um power-up para Carter em um episódio em que o Ranger Vermelho está em destaque, e um episódio para Dana que parece bem desconexo do que conhecemos da personagem no restante da temporada, além de ser muito parecido com algo que vimos anteriormente em “Power Rangers Lost Galaxy”. No próximo episódio, entraremos no que normalmente é conhecido como a saga “The Fate of Lightspeed”, que são os quatro episódios finais que trarão a última forma da Rainha Bansheera (que já começa a sua transformação nesse episódio sobre a Dana), o retorno de Ryan Mitchell, depois de uma ausência prolongada (!), e a conclusão da história dos Power Rangers Lightspeed Rescue e Mariner Bay.

“Web War”, exibido em 13 de novembro de 2000, traz um monstro com temática de aranha, o Arachnor, que está prendendo humanos em sua teia para que seus filhotes se alimentem mais tarde. Quando os Rangers o enfrentam pela primeira vez, o vemos escanear todas as armas dos Rangers, o que quer dizer que eles precisarão de alguma novidade mais complexa se quiserem vencê-lo – e é justamente nisso que a Srta. Fairweather e Carter estão trabalhando, com uma nova moto e armadura para o Ranger Vermelho. Felizmente, enquanto Carter fica para trás para ajudar em um teste da nova arma, ele acaba não sendo capturado por Arachnor como seus amigos, e então ele pode fazer algo para salvá-los… embora, antes, a história vá se complicar ainda mais, porque Arachnor pega uma carona com Carter, em forma de aranha, direto para a Aquabase.

Ali, o monstro da semana ataca todos que vê pela frente, inclusive a Srta. Fairweather, e é o Carter quem tem que fazer tudo para salvar o dia… inclusive fazer a moto/armadura que ainda estavam em testes funcionar. A sequência é legal, traz uma pequena luta da nova moto de Carter com o carrinho ridículo de Vypra, e então Carter chega a tempo de salvar os amigos da teia do monstro – ele pede, então, que eles soltem as outras pessoas da teia, enquanto ele vai lidar com Arachnor pessoalmente, e então ele estreia as novidades da temporada: O MODO ARMADURA DE TRANSPORTE. É o Battlizer do Ranger Vermelho, um aguardado power-up nas temporadas, que chega bem tarde em “Lightspeed Rescue”, mas, particularmente, eu não reclamo disso: às vezes vem muito cedo na temporada e eles acabam usando demais, o que faz com que perca o impacto.

E é uma armadura bem legal!

“In the Limelight”, exibido em 14 de novembro de 2000, foca em Dana, e é um episódio controverso de “Lightspeed Rescue”. Eu até que o achei divertido, à sua maneira, mas ele tem um problema sério em relação à personagem de Dana: ela acaba sendo “transformada” aqui na reta final da temporada, fazendo coisas que sabíamos que a Dana que conhecemos jamais faria: ela sempre foi uma das Rangers mais comprometidas. Mas o episódio explora o seu sonho de ser médica, e a sua dificuldade para pagar a faculdade – então, ela acaba sendo descoberta, por fotos no jornal, por Koko Kashmere, uma mulher poderosa que resolve transformá-la na nova cara da sua revista: Dana será a nova GAROTA GLITZ. Koko aparece toda elegante em uma limusine espalhafatosa para chamar Dana para ser supermodelo, algo em que Dana nunca pensou… mas ela poderia usar o dinheiro para pagar a faculdade.

Gostei de o roteiro ter tido o cuidado de justificar as decisões de Dana, mas as coisas saem de controle quando, durante uma sessão de fotos, Koko a manda tirar o morfador, e então Dana simplesmente o esquece, enquanto tira uma série de fotos em looks diferentes – e, claro, não está disponível para ajudar os amigos durante uma emergência. Quando ela chega à Aquabase, mais tarde, ela parece ter se convertido, muito rapidamente, em uma garota bem fútil por ser a Garota Glitz. Kelsey é dura com ela, falando que eles precisavam dela, mas diz que pode perdoá-la… uma vez. Ficamos com a impressão de que Dana é uma pessoa bem volúvel, porque ela muda completamente em um dia de sessão de fotos, logo em seguida muda novamente para a Dana que conhecemos, mas logo volta a ser a “Garota Glitz” quando se vê na capa de uma revista e os fãs a param para pedir autógrafos.

Ela até abandona Kelsey e vai embora numa limusine.

Em questão de pouquíssimo tempo, Dana fica famosíssima, e ela está toda empolgada com isso. Mas a empolgação acaba sendo tanta que há uma descaracterização da personagem, que subitamente se torna arrogante e nojentinha, sendo, inclusive, um verdadeiro desastre nos treinamentos, porque não quer sujar o cabelo ou as mãos… totalmente fútil. Ela até derruba a Kelsey na lama e abandona o treinamento porque está mais preocupada com o seu cabelo, com a limusine que veio buscá-la e com o desfile de que fará parte… ela deixa os amigos na mão, e só percebe o que está fazendo quando Koko faz um comentário sobre “ser Power Ranger”, e ela percebe que está agindo errado… então, ela desiste da carreira de supermodelo e volta para ajudar os amigos contra Treevil quando eles mais precisam dela, dizendo que aprendeu que ser Ranger é mais importante.

Agora… VAMOS PARA O ARCO FINAL!

 

Para mais postagens de Power Rangers Lightspeed Rescue, clique aqui.

 

Comentários