Cutie Pie – Episode 8

“Eu te amo todo dia!”

QUE EPISÓDIO MARAVILHOSO FOI ESSE?! Eu fico muito feliz em ter insistido em “Cutie Pie”, apesar das minhas reservas nos primeiros episódios, porque está realmente muito bom de assistir à série atualmente… o romance de Hia Lian e Nu-Kuea foi desenvolvido de uma forma convincente, e eu adoro vê-los cada vez mais apaixonados, envolvidos um com o outro, e se desejando até que não possam controlar o que querem – é claro que existe algum problema os rondando, até porque ainda faltam quatro episódios para o fim da série e eles não vão ficar tão felizinhos assim até o fim de “Cutie Pie”, mas eu confio em Lian o suficiente para saber que ele não está fazendo nada errado, como o roteiro quer que a gente acredite… há algum tempo que eu consegui perceber que ele está verdadeiramente apaixonado por Kuea, então ele só quer protegê-lo.

Há alguns episódios que “Cutie Pie” está entregando beijos cada vez mais quentes… tivemos aquele beijo na cozinha, por exemplo, que desestabilizou os fãs da série, enquanto ambos se beijavam, Lian levantava Kuea para colocá-lo sobre o balcão, e os dois lentamente e cheios de desejo iam tirando a roupa um do outro – até que uma panela começasse a apitar e todo o clima do momento simplesmente desaparecesse. No fim do episódio passado, o casal troca um beijo ainda mais apaixonado, no Pentagon, depois de uma verdadeira declaração de amor de Lian, e eu adoro o fato de o oitavo episódio continuar aquela sequência: eles se beijaram, naquele bar, com intensidade e com vontade, e mesmo quando lembraram que estavam em público, eles se esconderam atrás de um cardápio e continuaram se beijando, porque eles não queriam parar de beijar, de modo algum…

E é nessa energia que eles chegam em casa. “Cutie Pie” entrega uma cena quente, romântica, bela e, sim, excitante – e perfeita em todos os sentidos. É gostoso acompanhar os beijos de Lian e Kuea ao chegarem em casa, sorrimos ao ver Lian levantar Kuea no colo e levá-lo para o sofá, onde o coloca sentado em cima dele, mas é, também, muito bom ver o momento em que eles cessam esses beijos para falar sobre seus sentimentos… é muito mais significativo que essa primeira vez deles aconteça com todos os sentimentos devidamente expostos. Lian volta a falar sobre como o ama, sobre como sempre o amou e sempre o amará, e como quer se casar com ele, e Kuea também fala um pouco de suas inseguranças, fala sobre como doeu quando Lian disse que “queria se casar com um humano e não com uma boneca”, mas tudo é devidamente esclarecido.

E, então, eles podem seguir adiante.

A cena hot de Lian e Kuea entrega muito mais do que eu jamais poderia imaginar, e é impressionante como a cena é sensual e intensa, mas também é apaixonada, romântica e bela. São detalhes perfeitamente equilibrados, como o Lian perguntando ao Kuea se ele está bêbado e se ele tem consciência do que estão fazendo, ou o Kuea lentamente tocando o peito e a barriga de Lian pela primeira vez quando Lian abre a camisa, e podemos sentir todo o desejo dos personagens, quase como se fôssemos nós que estivéssemos ali. Quando eles chegam ao quarto, tudo é tão delicado e, ao mesmo tempo, tão forte! A maneira como Lian tira a camisa (Zee Pruk é um monumento, que homem!), como Kuea o beija, como toca lentamente seu peito e o admira com um sorriso no rosto, como inverte as posições e tira a própria roupa, como Lian beija seu peito, seu pescoço, como ambos se beijam com desejo, com verdade… inclusive, com bastante língua, né, Lian?

É uma cena de tirar o fôlego.

E de se rever milhares de vezes.

A manhã seguinte também é uma cena linda – mais fofa que sensual, mas igualmente romântica e bela. Está estampado no rosto de ambos a maneira como eles estão felizes, porque de fato eles passaram uma noite mágica, e Lian faz questão de deixar explícito como ele está feliz, como ele ama o Kuea, e como ele é a pessoa mais fofa que Lian conhece. Os dois estão com um sorriso fácil nos lábios, querendo ficar na cama o máximo de tempo que puderem, sem precisar ir para o trabalho ou para a faculdade, porque aquele é definitivamente o melhor lugar do mundo para se estar… eu sei que virão complicações nos próximos episódios, e que mal-entendidos podem afastá-los eventualmente, mas eu assistiria facilmente a mais quatro episódios nos quais Lian e Kuea só estivessem assim: apaixonados e curtindo o amor que sentem um pelo outro. É muito perfeito!

Por ora, Kuea não pode deixar de se sentir inseguro, no entanto. Ele está feliz, porque o que acabou de acontecer é o que ele sempre sonhou: Lian disse que o amava, eles fizeram amor pela primeira vez, Lian está sendo legal e atencioso… mas Kuea passou tanto tempo esperando por isso e, recentemente, acreditou que ele nunca teria isso, que agora ele não pode deixar de se perguntar se não tem alguma coisa errada – será que Lian está sendo sincero em relação aos seus sentimentos? Enquanto Kuea lida com essas dúvidas, Hia Lian vai ao trabalho e temos diálogos propositalmente fragmentados para que não entendamos de fato o que ele está fazendo, mas o que parece é que ele está transferindo as propriedades da família de Kuea para o seu nome, dando a entender que talvez Nu-Kuea tenha razão para temer que Lian tenha “outros motivos” para agir assim.

Mas eu aprendi a gostar e a confiar em Lian. Tenho certeza de que tudo fará sentido.

Em paralelo, os casais secundários continuam com um desenvolvimento lento e pouco tempo de tela – mas é difícil mesmo lutar com a química incrível de Kuea e Lian, especialmente em um episódio no qual eles nos entregam as cenas que eles entregaram. Estou bem curioso para ver mais do desenvolvimento de Syn e Nuea, e eles compartilham alguns momentos fofos nesse episódio, com o Syn todo apaixonadinho e sonhador, especialmente quando Nuea liga para ele falando sobre um problema no trabalho da faculdade e pedindo que ele vá até ele para que eles possam resolver juntos, e dizendo que não precisa chamar mais ninguém, “porque ele é o suficiente”. Syn e Nuea são o típico casal absolutamente FOFO, e eles aparecem tão pouco em “Cutie Pie” que eu não posso deixar de desejar um spin-off para eles… no entanto, acho mais fácil o spin-off vir para Diao e Yi.

Diao e Yi, por sua vez, estão no caminho totalmente oposto de Lian e Kuea – e para que alguma relação verdadeira de fato surja ali, eles precisarão conversar de verdade em algum momento. Ainda não entendemos bem qual é a história deles, o que aconteceu no passado, porque Diao mora na casa de Yi nem nada disso, mas Yi vai precisar enfrentar seus medos e falar sobre o que sente, antes que seja tarde demais… ele até faz uma pequena tentativa nesse episódio, levando o Diao para um “encontro”, e eles chegam a compartilhar alguns momentos legais naquela pista de skate, mas Yi é fechado demais para responder a qualquer pergunta de Diao, e Diao nem entende por que está morando na sua casa, o que ele representa para Yi… por isso, ele tem todo o direito de sair cansado e chateado daquele “encontro”. E, agora, talvez ele esteja saindo também da casa de Yi.

Enquanto Diao e Yi não se acertam e Syn e Nuea ganham pouquíssimo tempo de tela, curtimos os momentos românticos e quentes de Lian e Kuea. Lian está feliz em saber que tem alguém em casa esperando pelo seu retorno depois do trabalho, e Kuea está disposto a deixar seus medos de lado e focar apenas no que sente por Lian e o que Lian diz sentir por ele… assim, quando Lian chega em casa naquela noite (depois de ter sido chamado para conversar por Yi e ter sido bem direto com ele, dando uma dura no amigo sobre a sua relação com Diao, o que eu achei um máximo!), Kuea preparou o jantar para ele… quer dizer, Kuea não é bom na cozinha, então ele pediu comida, mas ele preparou uma mesa e até umas velas, o que é um toque perfeitamente fofo. Será que o próximo episódio começa com mais uma cena quente dos dois? Quer dizer, o final do episódio sugeriu isso e se começar de onde esse parou…

“Você quer comer agora ou tomar um banho primeiro?”

“Eu posso fazer as duas coisas ao mesmo tempo”

WOW.

 

Para mais postagens de Cutie Pie, clique aqui.

 

Comentários